Wednesday, March 22, 2006

OGM's - Animais transgénicos

Falou-se anteriormente neste blog, dos trangénicos a nível de alimentos e plantas. No entanto, a biotecnologia também aplica essas técnicas na produção de tecidos e órgãos humanos. Até mesmo seres vivos têm surgido destas pesquisas. O caso mais conhecido foi da ovelha Dolly em que a técnica da clonagem (que aprofundarei posteriormente) foi utilizada, gerando um novo ser vivo.
Os animais geneticamente modificados têm sido cada vez mais utilizados em experimentações científicas. A decisão dos cientistas sobre a criação desses animais em laboratórios, como todas as questões relacionadas com a “manipulação da vida”, tem causado polémicas relacionadas com a ética desta prática.
Para o pesquisador João Bosco Pesquero, coordenador do Centro de Desenvolvimento de Modelos Experimentais para a Medicina (Cedeme), uma das grandes vantagens de se criar animais transgénicos em laboratórios, é a possibilidade de determinar para que servem as informações contidas no código genético humano e descobrir quais são os genes responsáveis por certas doenças genéticas. Esse conhecimento pode servir para eliminar os genes causadores de doenças genéticas em humanos, sendo que isto só é possível quando a sequência do gene do animal estudado, for parecida com a do gene humano.
Com o uso da manipulação genética, o grupo de pesquisas de Pesquero conseguiu gerar um camundongo que sente muito menos dor que o normal e é muito menos propenso a inflamações.
As novas características desse camundongo, tornam o animal mais recomendável para ser utilizado em alguns estudos voltados para o desenvolvimento de medicamentos, o que despertou o interesse de grandes indústrias farmacêuticas que pretendem comprar os animais para testes.
No entanto, continuam a verificar-se manifestações contra o uso de animais com estes fins, afirmando que é muito difícil prever quais serão as interacções negativas com o meio ambiente e quais serão as consequências da manipulação genética para os próprios animais.


Fonte: http://www.comciencia.br/

http://www.suapesquisa.com/

0 Comments:

Post a Comment

<< Home